A 11 de Maio, a ESA (Agência Espacial Europeia) publicava no seu site imagens recolhidas pelo satélite Proba, e intitulava o artigo “A Grande Muralha da China vista do espaço”. Parecia que a questão (que tem suscitado algum debate) estava resolvida. Mas não…
Hoje mesmo, 19 de Maio, a ESA vem anunciar que afinal, a estrutura sinuosa que se via na imagem publicitada corresponde a um rio… algures a NE de Beijing. Reconhecendo erros na análise da imagem, a ESA promete esclarecer o assunto depois de obter mais imagens da região.
Para mais informações, visite o site da ESA:
www.esa.int

Artigos relacionados:

  • Não há artigos relacionados