Estamos em 2012 e, num certo sentido, de uma determinada perspectiva, bem que se pode dizer que estamos também numa «época de apocalipses», de Mundo chegar ao seu término… pelo menos segundo as lendas que envolvem o alegado «calendário Maia». Pelo que, agravados pela crise económica e pela (continuada, se bem que atenuada) ameaça terrorista, os cenários de distopias e de «dia do juízo final» persistem em permanecer nos imaginários individuais e colectivos. Sobre este tema, cinco sugestões de leitura… e correspondentes visionamentos de filmes referidos: «Ascensão das máquinas – Porque continuamos a regressar às visões de H. G. Wells de um futuro distópico»; «As dez mais extravagantes distopias futuras»; «Pode a ficção científica levar-nos para longe do colapso económico?»; «Escatologia no multiplex – Qual é o significado de o Mundo acabar uma e outra vez no ecrã»; «Tudo é péssimo – Ficção científica e os males da tecnologia».

Artigos relacionados:

  • Não há artigos relacionados