Polémicas na blogosfera portuguesa, «políticamente (in)correctas», quanto baste, sobre a ficção científica e fantasia que por cá se vai lendo e escrevendo, não têm faltado recentemente… e felizmente. Os seus protagonistas principais assumem as suas identidades e as suas opiniões, embora, o que é inevitável, apareçam sempre alguns anónimos, quase sempre anódinos mas nunca com encómios.
Discussões para quase todos os gostos e sob várias perspectivas: sobre o que é e não é um texto inédito e/ou previamente publicado – Pedro Marques (com João Seixas) vs. Jorge Candeias; edição e mercado, escritores e leitores – João Seixas (um, dois, três, quatro) vs. Nuno Fonseca (um, dois); representatividade internacional do que se faz em Portugal – Rogério Ribeiro (um, dois, três) vs. Luís Filipe Silva (um, dois).
Destaque, enfim, para a «resenha» de «Espíritos das Luzes» feita por Rogério Ribeiro, «ecoada» – ou «escoada» – por Cristina Alves.

Artigos relacionados:

  • Não há artigos relacionados