conferencia-admiravel-mundo-novo-imagem-detalhe-ca_EBk07W1rYU-kHvq1Ie0BUA

(Uma adenda no final deste texto.)

Apesar de, como salienta, e correctamente, João Seixas (em texto recentemente publicado no seu Blade Runner, o que espero constitua também um regresso a uma «actividade bloguística» regular), a publicação de obras de ficção científica e de fantasia, em especial de autores de língua portuguesa, registar actualmente no nosso país um nível (a)normalmente baixo (que se deve, creio, não à inexistência dessas obras mas sim à relutância das editoras em procurá-las, «encomendá-las» e editá-las), não têm faltado, em (insuficiente) «compensação», eventos, colóquios, comunicações, debates, festivais, enfim, oportunidades, pontos de encontros imediatos… de vários graus para os apreciadores da FC & F se encontrarem, usufruírem e partilharem as suas preferências.

O mais antigo e mais prestigiado dessas iniciativas continua a ser o «FantasPorto» (este ano foi entre 24 de Fevereiro e 8 de Março). Na capital, começou não há muitos anos a realizar-se como que um seu «correspondente», o «MoteLx» (este ano será entre 9 e 13 de Setembro). Também anual, e também já com cerca de 10 anos, é o «Fórum Fantástico» (será entre 20 e 22 de Novembro). Ainda em Lisboa, mas de carácter bianual e «só» com três edições (a última foi em 2014, a próxima deverá ser em 2016), há o «Mensageiros das Estrelas». São estes, efectivamente, os quatro grandes «pilares» da FC & F em Portugal; curiosamente, dois são mais de «diversão» e dois são mais de «reflexão», embora todos (e)s(t)ejam «contaminados» por características opostas àquelas que os destacam fundamentalmente – em maior ou menor grau, entretenimento e estudo são factores sempre presentes, contribuindo para a (desejável) «hibridez» das iniciativas…

… E bastantes outras, algumas das quais almejando igualmente a obtenção de um «estatuto» de regularidade, têm vindo, felizmente, a ocorrer, comprovando o dinamismo, o interesse e a relevância desta área cultural e dos seus «activistas». Nesse sentido, 2015 está a ser, e vai ser, um ano particularmente significativo. Com efeito, é de registar, entre as já realizadas: «Sustos às Sextas» (no Palácio dos Aciprestes, em Oeiras, visitado em todas as sessões, e entre outros, por Artur Coelho); «Outras Literaturas» (na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa); «Tolkien – Construtor de Mundos» (terceira edição deste seminário, organizado pelo Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa na Faculdade de Letras desta, tal como o «Mensageiros das Estrelas»); «Admirável Mundo Novo – O futuro chegou cedo demais? – O impacto das novas tecnologias em debate» (conferência organizada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos na Casa da Música do Porto). Entre as que estão por realizar: «Sci-Fi Lx 2015 – Convenção Internacional de Ficção Científica de Lisboa», a 18 e 19 de Julho no Instituto Superior Técnico (que teve como que uma «antevisão» na palestra proferida por David Brin na Livraria Leituria, em Lisboa); «SYFY Scientific Review», a 17 e 18 de Setembro na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

É de notar que a maioria destes eventos tem um contexto, um enquadramento, académico, universitário. Tal como o restante por realizar desta lista que aqui apresentamos, mas que tem, contudo, um formato… algo diferente: é um curso, denominado «As Parábolas da Ficção Científica – Esperanças e Ansiedades da Modernidade Tecnológica», e será leccionado entre 20 e 29 de Julho na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa por Teresa Botelho – professora e investigadora com quem, curiosamente, já tive num passado recente um breve contacto embora por um outro motivo que não a FC & F

Enfim, divulgar estas e outras iniciativas, projectos e propostas é um contributo, necessariamente modesto, é certo, mas sempre útil para valorizar um género artístico que para mim é, mais do que o preferido – é também o que é superior a todos os outros. Assim como também é conveniente comentar e, sempre que se justificar, corrigir e/ou precisar os contributos de outros, como aconteceu, por exemplo, aqui e aqui.

(Adenda – Ainda a tempo, ficam as menções a outros dois eventos que irão realizar-se no último trimestre de 2015, e ambos no Norte, perto do Porto: o EuroSteamCon Portugal, a 3 e 4 de Outubro, na Casa Barbot em Vila Nova de Gaia; e o Comic Con Portugal, a 4, 5 e 6 de Dezembro, na Exponor em Leça da Palmeira.)

Artigos relacionados:

  • Não há artigos relacionados