500_9789895575831_espiritos das luzes

Foi publicada há exactamente um ano, e só há cerca de um mês a descobri: uma recensão ao meu livro «Espíritos das Luzes» feita por Rui Martins no seu blog Orfiário

… E em que se afirma que, naquela obra, «o jornalista Octávio dos Santos elabora uma desconstrução alegórica e fantástica do ambiente e cenário da época, misturando História e ficção científica, figuras reais com personagens de ficção, surpreendendo assim as expectativas do público leitor, visto que esta é uma obra de largo espectro capaz de agradar não só aos amantes do romance histórico, mas também aos fãs mais acérrimos da literatura fantástica.»

Este meu livro, publicado em 2009 pela Gailivro na colecção «1001 Mundos» mas que concluí antes, em 2005, com o objectivo de ser lançado aquando da evocação dos 250 anos do terramoto de 1755, foi igualmente incluído numa lista de 20 – ficção e não-ficção – de leitura recomendada sobre aquele tema. Porém, o seu âmbito é maior e mais diversificado do que a da grande catástrofe do século XVIII, mesmo que «reimaginada» numa dimensão, espaço e tempo, alternativos. São «espíritos» e das «luzes», mas, no que depender de mim, perduram.

Artigos relacionados:

  • Não há artigos relacionados