A quinta edição – ou «Episódio V», continuando a citar uma saga cinematográfica que decorre «numa galáxia muito, muito distante» – da conferência internacional de ficção científica e fantasia Mensageiros das Estrelas vai realizar-se nos próximos dias 29 e 30 de Novembro, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. A organização é, mais uma vez, do Centro de Estudos Anglísticos daquela universidade.

Da leitura do programa podem-se destacar algumas das comunicações e os respectivos autores: «A origem da corrupção em ”O Senhor dos Anéis” de J. R. R. Tolkien», Marc Brun Sánchez; «Feminilidade e alteridade – As mulheres dragão em “MarTerra” de Ursula K. Le Guin», Gabriela Debita; «Alimento dos monstros – Uma breve exploração da identidade através da comida em “Harry Potter” (1997-2000)», João Santos; «Nascido ou feito? As políticas futuras da reprodução bio-robótica», Aline Ferreira; «Explorando a essência da Humanidade através da ficção científica – De “Frankenstein” (1818) à trilogia MaddAddam (2003-2013)», Teresa Gibert; «O fantástico e o discurso anti-científico», Filipe Furtado; «Modos de estranhamento – A ficção científica e a condição humana», Mokshda Manchanda; «O ciborgue de pele suave e o humano de coração de aço – (Des)Corporização e (Des)construção de identidade em “Mundo Ocidental”» – Amaya Fernández Menicucci; «Colecções de um cânone instável – Algumas notas sobre quatro antologias portuguesas de contos de FC compiladas por editores portugueses», Luís Filipe Silva; «Entre a fantasia e o terror – A transformação fantástica de “Berenice” de Edgar Allan Poe», Jacqueline Pierazzo; «Um amor linguístico ou um corpo cosido? A fisicalidade de “Frankenstein” e a voz de “Ela”», Jiah Hur; «O abraço de uma jaula – Simbiose entre espécies e ressentimento humano em “Criança do Sangue” de Octavia E. Butler», Beatriz de Almeida Santos.

Uma vez mais, a realização de uma conferência Mensageiros das Estrelas constitui um pretexto apropriado para recordar e (re)ler a colectânea de contos… «Mensageiros das Estrelas», editada em 2012 e apresentada no «Episódio II» da primeira, decorrida também naquele ano.

Artigos relacionados:

  • Não há artigos relacionados